Selecione o idioma: BR | USA | ES

Veja também: Venda Manutenção

HOME / BLOG

Blog

Filtros de Pesquisa

A evolução de equipamentos de imagem e história da ultrassonografia

29/05/2019 - POR REDAÇÃO

Você conhece a história da ultrassonografia?

 

Essa ciência teve início na Grécia, quando Pitágoras, em 570 a.C, inventou o sonômetro, um equipamento que estudava os sons musicais.

Daí em diante, houve um hiato de centenas de anos para, apenas em 1686, um novo avanço ser realizado.

Nessa época, Isaac Newton elaborou a primeira teoria matemática da propagação sonora do ar, que seria fundamental para novas descobertas.


 

Séculos XVIII e XIX
 

 

Em 1793, Lazzaro Spallanzani observou que os morcegos, mesmo sem enxergar, desviavam dos obstáculos devido a audição. A partir daí, o sistema sonar e a ecolocalização passaram a ser observados.

 

 

No ano de 1842, Johann Doppler descreveu o Efeito Doppler, que ainda seria muito usado futuramente, em sua obra “Sobre as Cores da Luz Emitida pelas Estrelas Duplas”.


Trinta e cinco anos depois, John William Strutt publicaria a Teoria do Som, que inaugurou a física acústica moderna e foi bastante explorada ao longo da Primeira Guerra Mundial.

 

 

 

 

Em 1880, os irmãos Curie descobriram a piezoeletricidade, na qual os cristais conseguem produzir som numa frequência superior a 20 KHz, ou seja, o ultrassom.


Século XX

Em 1940, o ultrassom começou a ser utilizado na Medicina Diagnóstica e na localização de tumores. Uma década depois, John Reid e John Wild construíram o transdutor linear, um instrumento do modo B para carcinomas de mama.

 

    

 

No ano de 1957, os médicos Douglas Howry e Dorothy Howry, esposa de Douglas, iniciaram os trabalhos na ultrassonografia diagnóstica ao submergir o paciente em uma banheira d’água para realizar os exames.

 

 

Em 1961, Richard Siemens Soldner, Walter Krause e colaboradores desenvolveram o sistema que deu origem ao Vidoson, um mecanismo para ver o feto ainda no ventre.

Quatro anos após, foram lançados os primeiros equipamentos de ultrassom modo B, com imagens em tempo real. No ano seguinte, a ultrassonografia se popularizou nos Estados Unidos e Japão, além de conquistar a Europa.

 

 

Em 1967, Dennis Watkins, Don Baker e John Reid apresentaram os sistemas de Doppler pulsado, que auxiliou na detecção de fluxo de sangue no coração.

Dois anos depois, foi realizado o primeiro Congresso Mundial de Diagnóstico por Ultrassom em Medicina, na cidade de Viena. Desde então, as evoluções aumentaram exponencialmente.

Em 1970, foi lançado o primeiro equipamento para ecocardio com modo 2d e modo M. Três anos após, o Vidoson chegava ao Brasil para contribuir no pré-natal de várias mulheres. Já em 1974, surgia o ultrassom do Doppler pulsado.

 

 

 

No ano de 1978, apareceram os primeiros produtos com conversores digitais para imagens.

Com a chegada dos anos 80, o uso do ultrassom apenas se intensificou para quatro anos depois, as primeiras imagens usando Doppler colorido em tempo real fossem apresentadas à Sociedade Radiológica da América do Norte.

No mesmo ano, inclusive, foi comercializado o primeiro transdutor transvaginal.


 

Anos 90 e 2000

Nos anos 90, a tecnologia possibilitou o aumento da qualidade da imagem. O destaque era para as ultrassonografias em 3d e 4d, que permitiam a visualização e avaliação do feto.

 

 

Nos anos 2000, a evolução apenas continuou. Dessa década em diante, equipamentos como a Elastografia, a Fotoacústica e a Teleultrassonografia ganharam o mercado, possibilitando desenvolvimentos primordiais na área da saúde e nos diagnósticos.

 

 

Se você gostou dessa linha do tempo e tem interesse em produtos desse segmento, a US e CIA é especialista em ultrassons e equipamentos para clínicas, hospitais e consultórios.

Clique aqui para falar conosco!

Novo e-book gratuito

As melhores dicas e soluções em conservação para seu equipamento estão aqui.

Baixar agora!
Me chame no WhatsApp Agora!