Selecione o idioma: BR | USA | ES

Veja também: Venda Manutenção

HOME / BLOG

Blog

Filtros de Pesquisa

Como transportar equipamentos de ultrassom?

23/07/2019 - POR REDAÇÃO

 

 

Utilizado em diversas clínicas e hospitais, o ultrassom é um dos exames mais populares que existe. Mas você sabe quais os cuidados exigidos para transportar equipamentos de ultrassom?


CUIDADOS COM O EQUIPAMENTO

A qualidade da imagem gerada por um aparelho de ultrassom pode fazer a diferença entre a vida e morte de um paciente. Sendo assim, devido à sua importância, é primordial que as pessoas que o manuseiam tenham cuidados bem específicos com o aparelho, como por exemplo:

    •    Limpeza diária com produtos especificados pelo fabricante;
    •    Efetuar manutenções preventivas a cada seis meses ou sempre que necessário;
    •    Evitar dobras de cabos e impactos;
    •    Manter ambiente refrigerado para evitar o superaquecimento;
    •    Ser manuseado somente por profissionais capacitados para esse fim.

Observando tais procedimentos, garante-se uma maior vida útil do aparelho e, consequentemente, economia para o proprietário, uma vez que se for usado como base de troca no futuro será mais bem avaliado.


COMO TRANSPORTAR EQUIPAMENTOS DFE ULTRASSOM?

Há diversas situações em que os equipamentos de ultrassonografia precisam ser deslocados:

    •    Feiras de negócios hospitalares;
    •    Atendimento domiciliar;
    •    Mudanças de local interna (de uma sala para outra) e externamente (mudança de endereço);
    •    Manutenção.

Em quaisquer desses casos, é fundamental que o deslocamento seja efetuado com toda diligência e responsabilidade, pois é um equipamento sensível.

Entenda o porquê:

    •    Tela: Como as telas são eletrostáticas, não devem sem ser tocadas pelas mãos dos operadores. Assim, em uma eventual mudança, convém que plástico-bolhas igualmente eletrostáticos sejam usados no transporte;

    •    Cabos: Evitar dobras e esmagamento dos cabos são ações de suma importância para seu bom funcionamento;

    •    Transdutores: Por se tratar da parte mais sensível e vulnerável do equipamento, é vital que não haja choque em suas cabeças. Todo esse cuidado se dá pelo fato de que são exatamente nelas que se encontram os cristais;

    •    Todo o equipamento: Assegurar-se de que não haja acúmulo de resíduos e poeira é fator primordial para que os componentes internos não sofram com superaquecimento e tenham problemas com mau contato.


O objetivo de toda essa precaução é que o aparelho possibilite confiabilidade e qualidade em seus laudos. Por esse motivo, sempre que precisar transportar equipamentos de ultrassom, é fundamental contratar uma empresa com know-how para isso.

A própria ANVISA em sua Resolução da Diretoria Colegiada RDC nº 56/2001 estabelece requisitos obrigatórios de segurança e eficácia empregados em aparelhos de uso médico-hospitalar.

Somos uma empresa especializada em equipamentos de ultrassom com atuação reconhecida no mercado há 14 anos, obedecendo a todos os requisitos da ANVISA.

Com atendimento personalizado, asseguramos a qualidade dos produtos às clínicas e hospitais de todo o território nacional com múltiplas soluções, sempre respeitando os prazos contratados.


Se você precisa transportar um equipamento de Ultrassom, conte com nossa equipe, entre em contato agora mesmo e seja atendido por nossos especialistas!

 

Novo e-book gratuito

As melhores dicas e soluções em conservação para seu equipamento estão aqui.

Baixar agora!
Me chame no WhatsApp Agora!